Espírito empreendedor, sucesso empresarial

Santa Catarina é sempre lembrada pela pujança de sua indústria, mas nem por isso as demais atividades da economia são relegadas a segundo plano. Pelo contrário. A área de serviços emprega ainda mais gente que a indústria, e a de comércio é a que apresenta o maior número de estabelecimentos. O Estado tem, ainda, mais de 100 mil trabalhadores atuando em outros setores, como agricultura, pecuária, pesca, construção e produção e distribuição de eletricidade, gás e água.

Essa diversificação de atividades é mais uma consequência direta do bem-sucedido modelo catarinense de desenvolvimento descentralizado. Esta base diversificada tem estabelecido barreiras contra as instabilidades da conjuntura econômica nacional e internacional. Nas últimas três décadas, a economia de Santa Catarina cresceu 340%, bem mais do que a média brasileira. Os produtos catarinenses são hoje consumidos em 190 países.